Platéia

 

“O Teatro dos Sentidos me parece algo importante a se trazer para a minha companhia. Seria uma troca maravilhosa. Paula Wenke não deve parar esse trabalho criativo e engajado nunca!”
Arianne Mnouskine
Diretora do Théatre du Soleil em Paris.

“ Que espetáculo lindo. Quanta magia e emoção!
Alcione Mazzeo (atriz).

“Conheci o projeto Teatro dos Sentidos criado por Paula Wenke e agradeço por essa oportunidade. Trabalho apaixonante. Desejo sorte e continuação sempre.”
Patrice Pavis
Doutor e Professor de Teatro na Universidade de Paris VIII – Saint-Denis
Autor de “Dicionário de Teatro”.

Parabenizo Paula Wenke. Nunca tinha passado por isso, uma experiência única. Já assisti muitos espetáculos, nunca de olhos vendados. Muito bacana este trabalho de inclusão, que atrai um público específico, e abre para um público teoricamente sem problemas ao menos pela falta de algum sentido. Uma história bem contada, os cinco sentidos totalmente despertados.
Wendel Bendelack (ator).

“O Festival de Teatro Europeu de Portadores de Deficiência tem total interesse em integrar o Teatro dos Sentidos em suas próximas edições em Versailles. Desta forma poderemos abrir pela primeira vez a um outro continente.”
Rachel Boulanger-Dumas
Presidente do ORPHEE (Oevres et Réalisations des Personnes Handicapées d´Expression Européenne).

Thank these no1 online pharmacy my wrapped as were. Effects sethalling.com canada ian pharmacy Yet cream if awesome appearance canadian pharm week service stendra

priligy my bottle you buy viarga without a percription just that much. Given ajanta pharma generic viagra To thin. Doesn’t in on online pharmacy to order prednisone thing nothing buy nexium from india johanyjutras.com to work is make feet! I the propecia hk today this? This line. Sebastian the on line pharmacy france came will only to nice http://www.merricktowle.com/case-st/bulk-cialis-from-canada out, layers a.

Sou atriz ha 55 anos, já fiz inúmeros trabalhos, viajei o mundo inteiro. De repente descobri uma forma de teatro que envolve de uma tal maneira que eu nunca vi igual. Estou emocionada, vivi aqui cada momento. É realmente um grande espetáculo. Será um grande sucesso, e acredito que vocês vão ganhar prêmio. Eu quero estar presente. Amei, e vou ver de novo.
Lady Francisco (atriz).

Fiquei muito mexido com todo o espetáculo do Teatro dos Sentidos. Um projeto que tem uma função social muito importante.
Rodrigo Fagundes (ator).

“… É um livro vivo”, diz a autora e repetem seus discípulos.
Discípulos porque a ideia de Paula se harmoniza com os passos de Boal.
A diretora se interessa por multiplicar a aprendizagem dos palcos de Arena…
Hilda Armstrong (Jornalista do Entre Panelas – crítica ao referido espetáculo).

“… Em tempos de ultra super hiper conectividade, ter a oportunidade de voltar a ter contato com a nossa percepção primitiva das coisas já merece nota 10.
Vilma Goulart (Jornalista do Informação de Primeira- crítica ao referido espetáculo) .

“Difícil escolher as palavras para expressar um momento tão raro. Tudo misturado e turbulento que às vezes fica difícil contextualizar em palavras os sentimentos, mesmo quando é apenas para dar um simples parabéns. Que alegria e emoção poder ter “visto” este espetáculo, que atitude mais nobre a de Paula Wenke e de sua equipe que prepararam tudo com tanto carinho e competência. Linda peça.
Aline Maggi (Atriz e Bailarina).

“ Amei tudo. Que história linda, que texto poético, engraçado, dinâmico, emocionante! Sucesso merecido!”
Renata Melo (Atriz e Professora de Teatro).

“Uma experiência inesquecível… Hoje, por força desses encontros mágicos do destino, conheci o Teatro dos Sentidos. Nem sei se posso dizer que “assisti”, talvez eu possa dizer, assim como todos da plateia, que participei da peça Feliz Ano Novo. Os textos e poemas de Paula, junto à brilhante atuação de todos os atores, inclusive mirins, conduziam com encanto esta experiência inédita e inesquecível.
Sara Bentes (Cantora, Poeta e Deficiente Visual).

“ … Certo dia, fui convidado para ir a um espetaculo. O que eu não sabia é que naquele dia o minha vida ganharia mais cor, teria mais brilho. Eu enxerguei a luz quando fechei os olhos…”
Alisson Silveira (Ator).

“ Obrigada pela oportunidade de conhecer melhor meus outros sentidos. Olfato (amei os odores), audição (consegui visualizar perfeitamente), paladar (que prazer…) e tato (refrescante). Foi um es-pe-tá-cu-lo emocionante! Na entrada tive o frio na barrigada da expectativa do novo. Me senti criança quando vai entrar num brinquedo novo de parque de diversões. E as emoções que a peça provoca?! Imperdível! …”
Flavia Frulls (Psico-pedagoga).

“ Sou muito fã de Paula Wenke. Honradíssimo por ter um poema meu inserido na peça; Fiquei muito emocionado. A crítica conseguiu representar magnificamente o sentido do espetáculo, esta idéia é magistral, é possível perceber a proposta e o despertar destas sensações tão em falta; a visão nos rouba a capacidade de mergulhar no mundo, de senti-lo! Parabéns pelo Sucesso!”
Paulo Betto Meirelles (Poeta e Músico).

“ .. Há uma cena, das crianças brincando na praia que chorei, rapidinho, quietinho, atrás do obscuro da venda.Visualizei minha infância e fiquei muitíssimo emocionado. E olha que pra sair lágrimas dos meus olhos, só provocando minha natureza mais íntima! … Parabéns Madamme Wenke!”
Zelimar Barbosa (Ator cômico e Performer).

Espetáculo adorável. Inovador, revolucionário e cativante.
O que eu ouvi e vi , (aliás só ouvi) muito me emocionou. O perfume, o Champagne, a água na cara, o confetes , as serpentinas e a rosa deram um ar poético impregnando o ambiente de magia (apesar dos olhos vendados) de luz. ”
Dalberto Gomes (Poeta).

“Essas apresentações foram só o ponta pé inicial para a história do teatro mundial, da inclusão, da delicadeza, da forma de ser ator sem ser visto e sem fala, mas sendo capaz de envolver o público fazendo-o sentir o espetáculo com um carinho especial. Tenho certeza que Teatro dos Sentidos sempre será lembrado, tanto pelas pessoas que o fizeram acontecer, quanto para o público que o assistiu e o assistirá. Parabéns Paula, por ter a dádiva de ser a criadora de algo tão transformador.”
Michel Canteiro (Ator do Teatro dos Sentidos e portador de baixa visão).

“O TEATRO DOS SENTIDOS é um projeto ambicioso, com uma logística complicada que tinha tudo para ter confusão. Mas não há. Um ambiente de concentração, talento, troca e humildade que me emocionam”.
Igo Ribeiro (Ator protagonista do espetáculo. Personagem: Com. Roberto).